"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

terça-feira, 19 de dezembro de 2006

Cartas de Moore

A carta que Michael Moore publicou recentemente (27 de Novembro, segunda feira), data que “marca o dia em que começámos a estar no Iraque há mais tempo do que estivemos em toda a II Guerra Mundial”, talvez o mais eficaz panfleto escrito contra a guerra e a política americana, ao mesmo tempo que, de uma forma demolidora, deixa o recado para os democratas e a sua política de cínica ambiguidade quanto à necessidade absoluta de se retirarem imediatamente do Iraque.

E ontem, 18 de dezembro, Michael Moore, no seu estilo irônico de uma terrível eficácia, edita outra carta aos republicanos e encosta os conservadores às suas próprias ambiguidades e aos seus proclamados valores, mostrando como trabalhadores, mulheres, imigrantes, crianças, “republicanos” necessitam das políticas em tudo contrárias às dos conservadores.

Carta de Michael Moore aos republicanos:

Gostaria de mandar um ramo de oliveira. Aqueles de vocês que se dizem conservadores e costumam votar nos republicanos têm passado semanas dolorosas. Confiem em mim, eu sei o que é isso. De fato, nós, do campo oposto, não costumamos conhecer de verdade o que é a vitória… Eu sei que vocês estão desconcertados com os resultados das últimas eleições.

O que eu não quero é que vocês se deixem levar pelo grande pavor que nos invadiu a nós, de esquerda, durante mais de vinte anos. É verdade que acabou a revolução republicana de vocês, mas não desistam. Não se deixem abater. Nem eu, nem os milhões de eleitores que votaram nos democratas não estamos interessados em vingança por todos esses anos do governo de vocês. Ao contrário, quero fazer-lhes doze promessas sobre a atitude que adotaremos em relação à oposição nos próximos anos.

Este é o meu Sermão de um progressista a conservadores desmoralizados:

1. Nós respeitaremos vocês sempre. Nunca, nunca mesmo, nós os trataremos de antipatriotas simplesmente porque vocês não estão de acordo conosco. Mais do que isso, nós os incentivaremos à dissidência e ao desacordo.

2. Nós deixaremos que vocês se casem com quem queiram (e isto apesar de que alguns de vocês consideram o comportamento republicano como “diferente”, até mesmo “imoral”). Com quem queiram casar não é problema nosso. Amem, apaixonem-se - é um presente maravilhoso.

3. Nós não gastaremos dinheiro dos filhinhos de vocês para nossos caprichos pessoais ou para enriquecer a nossos amigos. São as finanças de vocês e nós as equilibraremos para vocês.

4. Logo, quando fizermos voltar do Iraque nossos filhos e nossas filhas, nós traremos também os filhos e as filhas de vocês. Nós nos comprometemos a nunca mais mandar os filhos de vocês em uma guerra fundada em uma apresentação de Power Point lamentável forjado por pessoas que nunca foram à guerra.

5. Quando nós fizermos dos EUA a última democracia ocidental a oferecer uma cobertura de saúde universal e que todos os norte-americanos se beneficiem de uma ajuda no caso de doença, nós lhes prometemos que vocês também poderão consultar um médico, se puderem pagá-lo ou mesmo se não puderem fazê-lo. E quando a pesquisa sobre células tronco permitir fazer tratamentos e produzir remédios contra as doenças que vocês tenham, nós o faremos de forma que os familiares de vocês e vocês também tenham acesso a esse avanço da medicina.

6. Quando nós despoluirmos nosso ar e nossa água, vocês também poderão respirar esse ar mais puro e essa água mais pura. Quando nós tivermos brecado o aquecimento do clima, vocês não terão mais necessidade de buscar sua futura casa na beira do mar de Yuma, bem no meio do Arizona.

7. Se chegar a acontecer que um assassino mate 3 mil pessoas em nosso país, nós consagraremos todos os nossos meios na sua busca e na sua tradução na justiça. Imediatamente. Nós os protegeremos.

8. Nós não olharemos jamais o que vocês fazem em privado ou o que acontece no ventre de vocês. O que vocês fazem como adultos responsáveis é problema de vocês. Nós continuaremos a calcular a idade de vocês a partir da data de nascimento de vocês, não a partir da data da concepção.

9. Nós não tomaremos os fuzis de caça de vocês. Mas se vocês têm necessidade de um fuzil de assalto ou de uma pistola para matar um pássaro ou um veado, é porque vocês não são bons caçadores e deveriam buscar um outro esporte. Enquanto isso, por dever de igualdade, não armaremos os veados.

10. Quando aumentarmos o salário mínimo, isso corresponderá também aos empregados de vocês. Eles usarão esse dinheiro para comprar mais, o que significa que vocês serão reembolsados! E quando as mulheres forem finalmente pagas da mesma forma que os homens, nós faremos de forma que as mulheres de direita também se beneficiem.

11. Nós respeitaremos as crenças religiosas de vocês, mesmo que vocês não às coloquem em prática. Nós faremos tudo para promover os aspectos mais audaciosos das crenças religiosas de vocês - “Felizes os que buscam a paz, pois eles serão chamados de filhos de Deus”, “Amai aos vossos inimigos”, “É mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha, do que um rico entrar no reino dos céus” e “Tudo o que vocês fizerem a um desses pequenos que são seus irmãos, é a mim que vocês fazem”. Nós faremos saber aos povos dos outros país que Deus não bendiz apenas os EUA, que ele bendiz todo o mundo. Nos desencorajaremos a intolerância e o fanatismo religioso - começando por tirá-lo da nossa própria porta.

12. Nós não toleraremos os políticos corruptos e que desrespeitam a lei. E nós prometemos levar nossa perseguição aos políticos corruptos começando por nosso próprio partido. Se nós não cumprirmos com esse compromisso, nós contamos com vocês para nos advertir. O simples fato de estar no poder não nos dá o direito de fechar os olhos se nosso partido comete desvios. Obrigado por realizarem o grande dever que incumbe a uma oposição leal.

Se eu assumo todos esses compromissos com vocês, é porque este país é também de vocês. Vocês são tão norte-americanos como nós. E estamos todos no mesmo navio. Obrigado por estes anos vividos a serviço do país e obrigado por nos terem dado a oportunidade de ver que nós podemos melhorar, mesmo que apenas um pouco, a sorte de nossos 300 milhões de compatriotas - e do resto do mundo.

E agora, recuperem-se e vão beber um Frapuccino.

Nenhum comentário:

Siga-nos por E-mail

Feed do Substantivu Commune

Apoiem o Movimento Limpa Brasil Let´s do it!