"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

sábado, 4 de junho de 2011

OTAN bombardeia sede do Parlamento, estação de rádio e televisão da Líbia



Aviões da OTAN destruíram com bombas a sede do Congresso Geral do Povo (Parlamento) da Líbia na manhã de segunda-feira. No mesmo dia foram atacados os escritórios das estações de rádio e de televisão na capital Trípoli, segundo informações da agência AFP.
O prédio do Parlamento líbio já havia sido parcialmente destruído pelas bombas da OTAN há três semanas. Neste mesmo complexo se encontram a Procuradoria Geral e outros dois prédios onde funcionam organizações não-governamentais que prestam assistência à crianças.
Os edifícios atingidos encontram-se cerca de dois quilômetros a leste da Praça Verde no centro de Trípoli, o que reforça as suspeitas de que os ataques aéreos não pretendem somente enfraquecer militarmente o país, mas também amedrontar a população civil.
A força aérea britânica distribuiu comunicado em que afirma ter bombardeado, também na manhã da segunda-feira, um suposto quartel general de serviços de inteligência líbio em Trípoli, sem dar detalhes. Esses edifícios bombardeados pela OTAN fazem parte do patrimônio histórico da Líbia, inscrito na UNESCO, conforme informação do vice-ministro de Relações Exteriores, JaledKaaim, que informou ainda que áreas civis na região de Brega – no leste – também foram alvo de ataques da OTAN no domingo à noite.
Os ataques da Otan contra a Líbia, sob o pretexto de “proteger civis”, já causaram a morte de 718 cidadãos líbios e deixaram mais de 4.000 mil feridos, dos quais, 433 em estado grave, conforme dados divulgados na terça-feira, dia 31, pelo porta-voz do governo, Mussa Ibrahim.

Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail