"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Rússia deplora apoio do Ocidente aos rebeldes líbios



Moscou - O chanceler russo, Serguei Lavrov, criticou a postura dos Estados Unidos e de outros países do Ocidente em relação ao reconhecimento do Conselho Nacional de Transição (CNT) de rebeldes líbios. A Rússia reconhece o conselho como interlocutor nas negociações, mas não como representante legítimo do povo líbio, esclareceu Lavrov durante uma coletiva de imprensa.
O chefe da diplomacia russa pronunciou-se à raiz da recente reunião do grupo de contato internacional sobre a Líbia, no que a União Européia e Estados Unidos expressaram um tácito respaldo aos líderes rebeldes.
"Trata-se de reconhecer o CNT como único representante legítimo do povo líbio, não compartilhamos essa postura", destacou o chanceler de forma enfática.
Lavrov considerou que com tais posições, os países estão tomando parte no conflito com o isolamento de uma das forças implicadas, neste caso o líder Muammar Kadafi.
Lavrov sugeriu outorgar uma liderança à União Africana nas conversas com vistas à conformação de um executivo de transição com o diálogo multilateral entre as forças políticas no país.
Moscou, cujo governo se absteve na resolução do Conselho de Segurança que deu luz verde à agressão em 19 de março passado, tem criticado a missão militar da OTAN contra a Líbia ao amparo da ONU e ao grupo de mediadores internacionais.
A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, ratificou o reconhecimento dos Estados Unidos ao conselho rebelde.
Fonte: Prensa Latina

Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail