"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Esquisitices diplomáticas

Dizer que política é uma "caixinha de surpresas" é o campeão nacional do lugar-comum. Mas, não tem jeito, é. E não é só isso, de vez em quando rolam umas coisas esquisitíssimas... por exemplo, que papo é esse do Brasil apoiar um tal egípcio - Farouk Hosni - para o cargo de diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Unesco? Isso porque haviam dois brasileiros na lista, o diretor-adjunto da própria Unesco, Marcio Barbosa (apoiado por EUA, Rússia, México, Argentina, França, Índia e China que já davam como certa sua eleição) e o senador Cristovam Buarque (PDT-DF). Detalhe: o tal egípcio foi vetado até pelos EUA (!!) por ter um discurso anti-semita. Segundo o Itamaraty, o motivo é somente o de "estreitar relações com países árabes" (?!). Mas, fiquei pensando... bem que se o Cristovam tivesse ficado quietinho com aquela demissão por telefone, agora podiam dar esse jabá pra ele, né? Foi reclamar...

Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail