"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Selvagem?

Segundo informações do site Congresso em Foco, o deputado e delegado Laerte Bessa, surpreendeu a todos ontem com uma demonstração de, digamos, virilidade máscula, ao chamar a platéia pra briga.

Uma colega que não estava ali para cobrir o evento, mas apenas para curtir o show da maravilhosa Elza Soares que viria em seguida, descreveu como "inacreditável" toda a cena. Segundo ela, testemunha ocular e "auricular" do espetáculo dantesco do puliça, "a cada frase o queixo de todos ia caindo mais ainda".

O resumo da história é que foi dele a liberação do recurso para a realização do evento e, sendo chamado ao palco, começou a ouvir de um grupo de pessoas as famosas vaias que atingem todo e qualquer político em um evento do tipo. Ao invés de ignorar e usar do jogo de cintura que a situação exige, ele chamou a platéia de "frouxos" e afirmou que "nunca mais daria seu dinheiro (sic) para um evento desse tipo", já que ele preferia fazer "sertanejo". Demonstrando claramente, dentre outras coisas, a postura típica dos que se apropriam das verbas públicas, chamando para si a propriedade sobre o recurso liberado.

E emendou chamando os mais insistentes, conforme a vaia aumentava, para que encontrassem com ele "lá fora", já que ele era "delegado de polícia" e como tal, cansou de prender "vagabundos" como os que ali estavam.

Bem, estou esperando alguém postar no Youtube essa cena sen-sa-cio-nal para colocar aqui. Enquanto isso, vai a música sucesso dos anos 80 dos Paralamas que "ilustra" bem o espanto que "está nos olhos de quem vê o grande monstro a se criar"...



Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail