"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A morbidez da mídia

Por Fernando Brito, do Tijolaço:




Reproduzo o video da entrevista do presidente venezuelano Hugo Chávez. Lamento ter de transmiti-lo, porque é mórbido que um homem tenha de vir desmentir em público que esteja agonizando. Na virada desta madrugada li essa matéria sobre a internação em “emergência” de Chávez. Pesquisei e encontrei reproduzida em centenas de jornais do mundo.
Não comentei nem publiquei, porque depois de 34 anos de convívio com a imprensa – o que não é o mesmo que o jornalismo – já aprendi um pouco sobre do que ela é capaz.
A fala de Chávez, muito mais que engraçada, é um momento dramático para a imprensa mundial, que reproduz uma informação anônimoa, de um jornal de ultra-direita – “El Nuevo Herald” , de Miami – sem nenhum tipo de confirmação.
Coisa que nem um blog como este, com a informalidade que a falta de meios lhe obriga, faz.
Como profissional de imprensa, cada frase, mesmo dita em tom bem humorado pelo presidente Chávez, soa como uma bofetada em minha profissão.

Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail