"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

domingo, 31 de agosto de 2008

Com PH de pharmácia

Tá legal, esse negócio de fã, ídolo é uma coisa meio... sei lá, idolatria, culto à imagem (ou à personalidade)... essas coisas.. mas putz, esse cara é foda (com PH inclusive). Muito ácido, Latuff foi o chargista processado por ter colocado o mascote do Pan com uma arma na mão, em alusão à miopia coletiva que assolou o país e à maquiagem de momento feita no Estado do Rio durante as competições.

Essa charge abaixo, é só uma amostra do quanto ele pode ser mordaz (com pitadas de humor negro) porém certeiro. Aliás, procurem no Google o trabalho desse cara, um gênio.







Para falar sobre o papel político das charges, Latuff estará hoje a partir das 18h na Feira do Livro de Brasília juntamente com Oscar - outro cartunista que vive sob a mira dos censores - e Junior, cartunista do Correio Brazilense. Eu vou lá e depois conto aqui pra vcs como foi.

Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail