"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Geração XY

Para quem nasceu no final dos anos 70 início dos anos 80, como eu, o enquadramento nesses padrões de gerações fica um tanto prejudicado. Nos influenciamos por grupos sociais da época, como os punks e até por ídolos como Martin Luther King e Che Guevara, mas já no finalzinho dessa época, posto que éramos crianças ainda (bem que eu gostaria de ter ido ao Woodstock!). Meus pais foram Baby Boomers e, cariocas, passaram sua juventude freqüentando o Pier de Ipanema, ouvindo Novos Baianos e indo às passeatas da UNE.


Já eu, nunca me senti pertencente a grupo algum, gostava de misturar tendências, de experimentar coisas novas e de ser tudo ao mesmo tempo, skatista, surfista, hippie, ou nada. Pelo vídeo abaixo, meu comportamento se encaixaria na Geração Y. Essa aliás, é a característica mais bacana da atual geração, liberdade de ser o que quiser, sem rótulos ou padrões. Infelizmente, é também a geração mais consumista e isso, infelizmente, os coloca na contramão do sonho das gerações anteriores.


Sempre me senti pertencente à um mundo que precisava ser melhor e ainda me sinto assim. Como alguém que participa de um processo, parte de um história que pode beneficiar a todos (se fizermos as escolhas certas, claro). E isso me coloca de volta na Geração X, a que ousou sonhar e onde alguns de fato deram suas vidas por esse sonho. Ter me filiado à um partido socialista, quando quase todos os meus amigos só pensavam na próxima festa, é um exemplo. Mas, felizmente, eu não era a única.


E nesse caso, imagino que minha geração, os que se encontram hoje na faixa dos 30 anos, possam ser classificados como "Geração XY", ou seja, exatamente no meio da transição entre uma e outra.


Se a inquietação da Y é influenciada pelo raciocínio não-linear da internet, a X tem o componente da utopia, do sonho, que nos torna novamente humanos, porque sonhar não custa nada e pode sim, transformar o mundo. A Geração XY é a que hoje abre espaço para a Y e as que virão, espero que saibamos fazer isso direito.


O vídeo abaixo, foi produzido pela Box1824:



Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail