"Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido" Malcom X

sábado, 11 de março de 2006

Solo 2 - 2003


A fotógrafa Patricia Gouvêa - diretora do Ateliê da Imagem Espaço Cultural, no Rio de Janeiro, e integrante do coletivo Grupo DOC - se serve intencionalmente de técnicas fotográficas como a baixa velocidade e o deslocamento para capturar imagens estranhas, na fronteira entre a fotografia e a pintura. "O ponto de partida do trabalho foi a interrogação: como posso interagir com o espaço entre a partida e a chegada, criado pela velocidade?", diz Patricia. "Geografia embaçada e tempo estendido foram algumas estratégias para o resultado visual de uma imagem que se pretendia expandida para além do fotográfico. Que pudesse conter música, que pudesse contar com o corpo e a emoção do observador em sua própria viagem." Outros trabalhos da fotógrafa podem ser vistos no site www.patriciagouvea.com.

Postar um comentário

Feed do Substantivu Commune

Siga-nos por E-mail